Links de acessibilidade

Posse de Obama

Nesta terça-feira, dia 20 de Janeiro, Barack Obama tomou posse como o 44º presidente dos Estados Unidos.

Segundo pesquisas de opinião recentes, Obama se torna presidente com índices de aprovação de cerca de 80%. Para a maioria dos americanos consultados, Barack Obama tem condição de promover as mudanças prometidas durante campanha presidencial.

Ele assume o posto em meio a uma crise econômica de enormes proporções e com o país envolvido em guerras indefinidas, mas pessoas em todo o mundo assistirão à cerimônia com grandes expectativas sobre o desempenho do primeiro presidente negro dos Estados Unidos.

Quais são os principais desafios que Obama deve enfrentar? O que você espera do desempenho do novo presidente americano?

Envie sua opinião para a BBC Brasil.

Publicado: 19/Jan/2009 16:42 GMT

COMENTÁRIOS

Número de Comentários:243

Os comentários aparecem em ordem cronológica.

Enviado: 11/Mar/2009 10:45 GMT

Não espero nada. Quem deve esperar são os cidadãos estadounidenses. Mas desejo que ele seja um bom presidente para eles.

Albino Rio de Janeiro

Enviado: 11/Mar/2009 2:19 GMT

Quero que ele se preocupe intensamente na ECOLOGIA DO PLANETA TERRA URGENTE,

clara ponte

Enviado: 8/Mar/2009 11:04 GMT

eu espero que obama venha cumplir as profecias biblicas sobre a uniao das igrejas

wellington campos

Enviado: 7/Mar/2009 20:46 GMT

Obama vai fortalecer a classe média com medidas justas e humanas.Organizar a economia e moralizar o sistema financeiro americano.Precisamos saber as fontes do capital aplicado nesses mercados.

Anete Claudia Fonseca Alves Rio de Janeiro

Enviado: 4/Mar/2009 1:58 GMT

Se OBAMA beneficiar Banqueiros e Especuladores Financeiros, como Bush e Lula fizeram, pobre da humanidade.

Dandolo Bagetti Rio de Janeiro

Enviado: 27/Fev/2009 15:42 GMT

Já que o seu antecessor foi desastrado na conduçaõ da guerra no Iraque,talvez pela distância inibidora
do apôio doméstico,do presidente Obama,por tratar-se do quintal da América,aguarda-se sucesso na
aplicação da Doutrina Monroe,caso o´´ bolivarianismo´´radicalize nas alianças com iranianos e russos

caio augusto bastos lucchesi são paulo

Enviado: 26/Fev/2009 14:31 GMT

Em meus comentários sempre escrevi: todos os governantes dos EUA são iguais, e são mesmo. Li em noticiário que Obama vai destinar 200 bilhões de dólares paras as guerras do Iraque e do Afganistão! Mesmo que estas guerras tenha afundado os EUA, eles não desistem, é delas que eles sobrevivem, tanto os fabricantes de armas como para roubar petróleo. A Democracia deles é na base das baionetas e das bombas. Obama com certeza vai dar continuidade às "obras de Bush", o idolatrado do capitalismo falido!

Ingo da Silva Foz do Iguaçu

Enviado: 19/Fev/2009 15:48 GMT

BEM NA VERDADE TODOS ESTÃO CHAMANDO O OBAMA DE "JESUS", MAS NA VERDADE NÃO PODEMOS ESPERAR QUE ELE MATE ESSE MONSTRO CHAMADO: CRISE MUNDIAL.PORQUE ELE NÃO E O SALVADOR DA PATRIA NA MINHA OPINIÃO É UM PRESIDENTE COM MUITO CARISMA MAS NÃO PODEMOS NEGAR QUE CARISMA NÃO DECIDE CAMPEONATOS!!!

melgaço rio de janeiro

Enviado: 6/Fev/2009 16:31 GMT

A carta de Obama, publicada hoje, dia 6/2/09, é uma peça literária digna do maior respeito. Nela ele expõe os intestinos da crise econômica provocada pelos contos-do-vigário passados pelos banqueiros nos poupadores americanos e, em milhões de investidores espalhados pelo mundo. Do ponto de vista moral, tanto faz a pirâmide financeira de Madof como os 10 trilhões de dólares de derivativos, partejados do útero de ouro do trilhão de títulos imobiliários-hipotecários. Ambos as ações eram de má-fé.

Langstein Almeida João Pessoa

Enviado: 6/Fev/2009 11:04 GMT

Barack representa uma grande conquista para os americanos por ser o primeiro presidente negro nos EUA, mas não deve-se esquecer que o mesmo é humano e que o mesmo pode tornar-se um presidente instável devido as grandes espectativas de seu povo e do mundo sobre o mesmo. Afinal a reponsabilidade de recuperar erros históricos em um ou dois mandatos (caso seja reeleito) é muito grande.

Sauo de Jesus Soares Carneiro ... Teresina- Brasil

Enviado: 5/Fev/2009 18:33 GMT

Obama não tem cara de bandido nem de imbecil viciado, portanto será melhor que o vaqueiro aloprado! Agora não pensem que ele vai governar para o bem e felicidade geral dos brasileiros ou de outras colônias, as brasas sempre serão puxadas para as sardinhas deles(dos estadunidenses),não se enganem e nunca esperem algo de bom vindo de governos dos EUA.Se ele conseguir mudar alguma coisa vai ser em prol dos EUA e nada mais, desde berço eles são educados para isso, sempre pisar no pescoço dos outros.

Ingo da Silva Foz do Iguaçu

Enviado: 30/Jan/2009 2:43 GMT

Obama foi um achado oportuno do sistema politico americano.
Não é verdadeiramente americano ou seja não é negro americano,
não é sequer como a Condolezza Rice ou como o general Powell.
O partido democrata usa-o para alcançar credibilidade no foro in-
terno.Já na politica externa terá que aceitar um papel cada vez
mais atrevido do exercito americano juntamente com os lobbies
dos seus incondicionais aliados.No fim vai ficar um pouco como
Clinton,jamais como Carter.

kaioby Aracaju-SE

Enviado: 28/Jan/2009 15:58 GMT

O tão "esperado" novo presidente dos Estados Unidos provocou uma onda de boas energias que invadiu o mundo todo. Como era de se esperar as críticas já começaram em um páreo duro entre aqueles que estão a seu favor e os que se mostram céticos com relação a seu governo. Porém assumir a Casa Branca não será fácil, em momentos de crise não adiantará ressussitar o "New Deal" ou o seu "criador" Roosevelt, Barack Obama terá que olhar para o passado do seu país mas não cometer os mesmos erros.

Viviane Prestes Curitiba

Enviado: 27/Jan/2009 20:20 GMT

Nada de diferente. Esse foi sem duvida o presidente mais falso de toda a historia americana. Prometeu deus e o mundo nao só para os eleitores do EUA, mas para o mundo todo. No finalo das contas ele vai seguir a msm linha de Bush: Lucro americano.

Pra sair dessa crise financeira ele vai ter q arrumar dinheiro para os americanos. E de onde vcs acham q vai sair esse dinhgeiro?
Vou dar uma pista: Na campanha presidencial ele disse "A america latina será nossa sócia"

Léo São gonçalo - RJ

Enviado: 26/Jan/2009 12:48 GMT

Um feto não é feijão. A diferença está ai. Gritante! Mas os princípios de liberdade tendem sempre à libertinagem, uma vez e estes probres fetos, vítima de sacagem humana serão vistos apenas como um simples feijão; tal como entraram deverão ser evacuados, apesar das concavidades serem bem diferentes. Pois eu lhes digo; "em nossa breve tenda humana, estes que foram privados desta existência cobrará de cada sua parcela por este assassinato". Inclusive do Sr. Obama.

Marcelo Pedro Leopoldo

Sites da BBC

Esta pgina melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora voc seja capaz de ver o contedo da pgina, no poder enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que voc instale um navegados mais atualizado, compatvel com a tecnologia.