Links de acessibilidade

Rio Madeira

O leilão de licitação da hidrelétrica de Santo Antônio, no rio Madeira, foi realizado nesta segunda-feira em Brasília.

O consórcio Madeira Energia, liderado pela estatal Furnas e pela construtora Norberto Odebrecht, venceu o leilão.

Com capacidade prevista de 3.150 MW, esta é a primeira usina do Complexo Madeira a ser licitada. A próxima será a de Jirau (3.300 MW), em 2008.

O governo afirma que a energia gerada pelas hidrelétricas do Madeira dará ao Brasil a segurança que o país precisa para crescer a partir de 2012.

Mas o projeto gerou críticas de ambientalistas, que temem o impacto de uma obra de grandes dimensões na biodiversidade da Amazônia e nas populações ribeirinhas, que tiram o seu sustento do rio.

Clique aqui para ler o especial da BBC Brasil

E você, o que acha? As hidrelétricas do Madeira deveriam ser construídas? O Brasil está certo em investir nesse tipo de energia ou deveria procurar fontes alternativas?

Participe! Envie a sua opinião.

Publicado: 7/Dez/2007 20:36 GMT

COMENTÁRIOS

Número de Comentários:124

Os comentários aparecem em ordem cronológica.

Enviado: 22/Mai/2008 19:23 GMT

Entre o extremo das usinas nucleares, cujos riscos dispensa comentários, e as usinas hidrelétricas nos grandes rios do Norte,ultimas fronteiras naturais do país, existem alternativas ainda nao prospectadas com honestidade, pois há grandes interesses, nem sempre legitimos, envolvidos. Existem um enorme desperdicio energetico que não é sequer discutido. O governo deveria implantar um programa especifico para otimização energetica no pais, considerando as vocações de cada regiao

Paulo Tagliani Rio Grande

Enviado: 19/Mai/2008 18:18 GMT

Mesmo não sendo nativo da Amazonia, desde menino, quando conheci o Rio Madeira, sonho com o aproveitamento do potencial hidroenergético que suas cachoeiras propiciam. Os que são do Sul e Sudeste, "preocupados" com nosso ecossistema, talvez esqueçam que estamos interligados pelo "linhão" e que Rondônia ou Rio de Janeiro, são Brasil e não estados independentes. Quando chegar o próximo apagão para os litorâneos, será este potencial que irá suprir suas carências energéticas. Caso contrário: VELAS.

Artur Quintela Porto Velho-RO

Enviado: 15/Mai/2008 11:40 GMT

O único problema com relação a tudo que ouço de negativo sobre o nosso maravilhoso planeta azul,é por causa exclusiva do nosso egoísmo,da nossa ambição e do desamor a Deus sobre tudo. Um dia nossa ignorância acaba! Não a mal que sempre dure!
Com carinho e respeito.
Até lá!

Terezinha da Cruz Furriel Magé

Enviado: 8/Mai/2008 4:05 GMT

EU TO MUITO CONTENTE PELO MEU PAIS PAREÇE QUE AGORA VAMOS COMEÇA MOSTRA P OUTROS PAISES Q OS BRASILEIROS TAMBEM E CAPAZ DE VENÇE ESTOU EM ESPANHA TRABALHANDO E ME DOEU MUITO DE ESCUTA AS PESSOAS FALA MAU DO NOSSO PAIS NA PROSSIMA ENLEISAO VOU NO BRASIL SOMENTE PARA VOTA NO LULA SE TORNO MEU IDOLO TOMARA Q ELE NAO ESQUCE DE RONDONIA NECESSITA DE APOIO DO NOSSO PRESIDENTE E ELE TAMBEM VAI TE O NOSSO APOIO LULA TE QUEREMOS DA PARTE DE TODOS RONDONIESE

NILDA ARIQUEMES RONDONIA

Enviado: 26/Mar/2008 14:37 GMT

O governo brasileiro está tampando os ouvidos para os ambientalistas. Não estão se importando com os efeitos que uma hidrelétrica no amazonas pode causar. Para eles, pouco importa quantos nativos irão ficar sem ter onde morar, ou, quantas árvores morrerão. Seu pensamento é : ''Todos têm que fazer sacrifícios.'' Porém, não têm idéia da magnitude que esse problema irá se tornar. Com certeza, tampará também os olhos para o planeta.
É o capitalismo; Ou melhor, capetalismo.

Thaysa Caracas Rio de Janeiro

Enviado: 16/Fev/2008 12:31 GMT

Quem não sabe que a instalação de uma usina hidrelétrica, principalmente dessa magnitude, fomenta o progresso?! Mas, também se sabe, todo progresso tem um preço: alto, às vezes altíssimo.

Dessa forma, apesar de sabermos dos danos que atingirão inexoravelmente a área impactada, sou favorável ao grande empreendimento, pois, certamente, os benefícios serão alcançados.

A destinação do homem é vencer os desafios, as tramas do cotidiano. Disso, será impossível nos furtar, sob pena de inumação.

Luís D'Avelosa Salvador

Enviado: 24/Jan/2008 19:53 GMT

Não dá para pagar imposto para esse Estado assassino, comandado por palhaços, pelegos e apedeutas morais de todos os gêneros, esse monstro que sufoca o Madeira, o Kuluene, o Xingu - essa maquina suicida que aposta no Sol Negro, em detrimento dos viventes.
Votar, menos ainda.
Não encorajo violações à lei, apenas manifesto a minha náusea em relação à essa ficção lusitana, de péssimo gosto, chamada brasil e proponho a devolução às nações originárias (ou a morte sem gozo).

Murilo Marques

murilo niterói

Enviado: 5/Jan/2008 18:56 GMT

Sim, o Brasil se tem condiçoes de realizar tal obra, é mais que necessario aproveitar, a dadiva da natureza, claro sempre observando impacho ambiental, porem, sem excessos como o da equipe doentia da marina silva, que possivelmente irao comer madeira logo, logo. necessitamos de energia eletrica,tal qual os paises desenvolvido, que alias, utilizam, em sua maioria, energia atraves de meios altamente poluentes. a energia brasileira, quase na sua totalidade é produduzida atraves da agua.

valdir pedroso curitiba

Enviado: 30/Dez/2007 19:55 GMT

Evidentemente q deve ser construida.Ja q os orgãos competentes
aprovaram os projetos,claro está a dependcencia de energia p
crescimento do país.

Paulo Monteiro

Enviado: 27/Dez/2007 0:11 GMT

MEUS AMIGOS, ACHO QUE VOCES JA ESQUECERAM DO APAGÃO DO FERNANDO HENRIQUE.
ORA! O PAIS AGORA É OUTRO DEIXE O LULA TRABALHAR E MOSTRAR SERVIÇO! SEJAM MAIS MODERNOS, O BRASIL PRECISA DESSA ENERGIA PARA ESTABILIZAR O SISTEMA.
VAMOS DAR AS MÃO E DEIXAR A COISA FLUIR.
O QUE NÃO PODE É COBRAR DO GOVERNO E DEIXAR A OPOSIÇÃO AMARRAR AS MÃOS DELE.
GOSTARIA DE FAZER UM COMÉNTARIO: LEMBRA ESTÁVAMOS A BEIRA DA FALENCIA EM 2002 AGORA JÁ SOMOS RICOS, VAMOS USAR O PODER HIDRAULICO
OU A ENERGIA NUCLEAR.

Jose Luis PARAUAPEBAS

Enviado: 21/Dez/2007 11:51 GMT

e lamentavel que a raça humana se acha no direito de mudar todo ecositema em seu beneficio proprio ainda bem que não estarei vivo pra ver tanta tragedia que julgam ser natural mais na verdade e consequencia de nossa ignorancia

Marcos Fernando de melo Cabo Verde

Enviado: 19/Dez/2007 17:44 GMT

Acho que o impacto hambiental será MUITO grande... Também levo em consideração a topografia da região, muito PLANA o que resultará numa barragem de digamos, uns 10 m apenas! Serão suficientes para a geração pretendida? Porque não investir em algo MUITO mais simples, como a geração eletrica usando a CORRENTEZA do Rio Madeira? Várias turbinas submersas com os hélices do tipo naval? Não eria uma boa idéia? Com certeza o impacto hambiental seria TREMENDAMENTE menor e a geração provavelmente a mesma!

Ewerton Conde da Matta Machado Belo Horizonte

Enviado: 14/Dez/2007 18:20 GMT

Devem sim serem construidas as barragens, devido à grande demanda por energia do Brasil, nos próximos anos. Os estudos ambientais foram elaborados por técnicos competentes, e acredito eu analisados também por técnicos competentes. Não podemos abrir mão desta energia se quisermos, num futuro próximo, acabar com a maior degradação ambiental de nosso país, que é a miséria de seu povo. Alem disto temos tecnologia e experiencia compatíveis para implementação deste tipo de empreendimento.

Eloi Azalini Máximo Belo Horizonte

Enviado: 14/Dez/2007 16:57 GMT

Os ambientalistas tem que para de mostrar problemas, e sim começar a soluções.

Curvo Cuiabá

Enviado: 14/Dez/2007 16:11 GMT

As necessidades de dezena de milhares não se sobre põe as necessidades de dezenas de milhões. Para esses parasitas de
ONGS enquanto ganhar subvenções dos governos o negocio é ser
contra.

Otávio S M Almeida Recife-Pe

Sites da BBC

Esta pgina melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora voc seja capaz de ver o contedo da pgina, no poder enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que voc instale um navegados mais atualizado, compatvel com a tecnologia.